Realizar Busca

Cursos

Libras e Metodologia do Ensino de Surdos

20%
libras-basico

OBJETIVO GERAL

Suprir importante lacuna no mercado de trabalho local, estadual e regional, ofertando um curso de especialização para formação de profissionais nessa área. Contribuir na formação de profissionais competentes, para mobilizar recursos cognitivos, afetivos ou contextuais pertinentes para enfrentar com êxito, situações de ensino e de aprendizagem, em momentos determinados e relacionados à área de Metodologias de Ensino para alunos surdos. Contribuir para a formação do intérprete interlocutor, para a geração de conhecimentos e a formação de pessoal qualificado, de modo que, mediante o ensino de LIBRAS e interpretação possa ter conhecimento acerca da singularidade linguística manifestada pelos surdos ou com deficiência auditiva.

PÚBLICO ALVO

Graduados em curso superior reconhecido pelo MEC, professores e demais profissionais das diversas áreas do conhecimento que desejam ampliar seus conhecimentos em Educação de surdos e em Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS

CARGA HORÁRIA:  600 HORA/AULA

360 Horas
120 Monografia
120 Estágio Supervisionado

DIAS E HORÁRIOS DAS AULAS

ARAÇATUBA: Sextas das (19:00h as 23:00h) e Sábados (8h às 12h e das 13h às 17h), em média três vezes ao mês.
LINS:Sábados (8h às 12h e das 13h às 17h), em média três vezes ao mês.

DURAÇÃO DO CURSO

ARAÇATUBA: 12 meses
LINS: 15 meses

DISCIPLINAS E EMENTAS

METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR
Metodologia do ensino superior e as principais técnicas de ensino. Plano de ensino. Plano de aula. Reflexões sobre o papel do ensino, as funções da docência de nível superior. Técnicas de oratória. Estratégias de ensino. Métodos de avaliação. Estrutura do Ensino Superior.
 
METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO
Métodos de estudo: fichamento, resenha, leitura e interpretação, organização do trabalho científico. A utilização das referências. Métodos e técnicas de pesquisa. Conceituação de projeto de pesquisa e monografia.
 
EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSÃO ESCOLAR
Aspectos históricos da inclusão. Abordagens teóricas. Integração versus Inclusão. Atividades práticas de Adaptações Curriculares. A importância da LIBRAS na educação do surdo.
 
LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS I
Configuração de mãos. Compreensão da diferença entre a cultura surda e a ouvinte. Expressões faciais e corporais como papel preponderante para os surdos. Noções da cultura dos surdos e sua história. Legislação vigente em prol da comunidade surda. Cumprimentos, numerais cardinais, a utilização da quantidade e as expressões faciais. Aprender os sinais para o benefício do convívio social. Alfabeto manual (datilologi ) Números. Identidade / Pronomes pessoais / Cumprimentos. Pessoas / Família. Cores. Escola. Adjetivos / Advérbios. Lazer / Esporte. Instrumentos musicais. Sites que abordam a questão da Surdez.
 
LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS II
Configuração de mãos. Desmistificando as Línguas de Sinais. Cultura, comunidade e identidade surda. Alfabeto manual / Números cardinais. Verbos. Pronomes interrogativos, pronomes indefinidos, pronomes possessivos. Meios de comunicação. Profissão. Lugares públicos (ambiente de trabalho). Natureza (Meio ambiente). Corpo humano / sexo / saúde. Higiene. Deficiências. Datas comemorativas. Religião.
 
LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS III
Tipos de Sinais icônicos, tautológicos, polissêmicos e monossêmicos, Técnicas (Classificadores, processo anafórico, conteúdo programático, Leg-time, construção tátil, construção ideária, mímica, idiossincrasias), Música, Interpretação, Ética. AASI – Aparelho de Amplificação Sonora Individual. Implante coclear. Técnicas e recursos utilizados para a comunicação com o aluno com surdez. Lar / Móveis / Eletrodomésticos / Objetos. Frutas / Verduras / Legumes / Cereais / Alimentos doces / Alimentos salgados / Bebidas. Animais domésticos / Animais selvagens / Aves / Insetos. Meios de transportes. Vestuário / Acessórios. Esportes / Séries escolares / Disciplinas escolares / Formas geométricas Pontos cardeais. Estados Brasileiros/Símbolos Nacionais. Países do Mundo. Economia / Pesos e etc.
 
DIDÁTICA E EDUCAÇÃO DE SURDOS
Conceitos de Deficiência Auditiva, Graus de Perda Auditiva, Aparelhos Auditivos, História da Educação do Surdo, Abordagens para a Educação de Deficientes
Auditivos, Conceito de Letramento e Alfabetização, metodologias e estratégias para a aquisição de uma segunda língua.
 
INTÉRPRETE DE LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NA SALA DE AULA
Papel da Língua Brasileira de Sinais e da Língua Portuguesa na formação do intérprete. A Postura do intérprete perante o aluno surdo. A ética profissional no ensino e na interpretação. Estratégias e recursos para a aprendizagem do aluno surdo.
 
ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA SURDOS
Ensino de Língua Portuguesa para surdos. Compreensão de Leitura pelo aluno surdo. Reflexões sobre a escrita de alunos surdos. Língua de sinais e língua Portuguesa para a compreensão de textos.
ENSINO DE MATEMÁTICA PARA SURDOS
Ementa: As diferentes abordagens da educação matemática. A natureza do conhecimento lógico-matemático e sua construção. Jogos educativos para o ensino da matemática. O computador como recurso de aprendizagem da linguagem matemática.
Desenvolver e flexibilizar atividades para garantir o direito de aprendizagem para alunos surdos. Refletir sobre como se constrói o conhecimento científico e reconhecer que existem muitos caminhos possíveis para essa prática, desde que tenham sentido lógico. Perceber-se em contínuo processo de conhecimento e sujeito de tal processo. Confrontar a prática e a teoria, isto é, reconstruir através da experimentação, extraindo delas um conhecimento lógico fundamentado em evidências. Temática e conteúdos – Meio Ambiente e Tecnologias. Os microrganismos e a produção de alimentos. Ciclo da Água e o uso pelo Ser Humano. Recursos tecnológicos. Energia elétrica em nossa casa.
 
POLÍTICAS EDUCACIONAIS E LEGISLAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL
Breve histórico da Educação de surdos no estado de São Paulo do ponto de vista legal. Constituição do Estado de São Paulo. Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional. Diretrizes curriculares nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Plano nacional de educação. Deliberação do conselho estadual de educação de São Paulo. Resolução SE nº 11/2008. Resolução SE nº 38/2009. Resolução SE 32 de 23/05/2007.
enroll-wrap
Início do Curso 03-2017
Duração Araçatuba: 12 meses / Lins: 15 meses
Matrícula R$ 475.00 R$ 380.00

Compartilhe Nossos Cursos