Realizar Busca

Cursos

Enfermagem Obstétrica

20%

JUSTIFICATIVA

Este curso de especialização visa a possibilitar instrumentação técnica e capacitação teórica, oferecendo aos enfermeiros reflexão ético-crítica sobre a sua prática profissional, aprimoramento profissional e discernimento para avaliar a realidade de saúde em Obstetrícia O Curso de Enfermagem Obstétrica foi criado pela necessidade da formação do Enfermeiro Obstetra que irá atuar com a saúde da mulher no ciclo gravídico-puerperal, considerando a autonomia do enfermeiro frente a esta clientela bem como a necessidade de se oferecer ao mercado, profissionais que sejam capazes de oferecer assistência segura ao binômio mãe e filho. Necessário se faz prepará-los para a condução do prénatal de baixo risco nas unidades básicas de saúde, na colaboração com outros profissionais na condução da gestação de risco, na condução do trabalho de parto, na realização do parto sem distocia, na assistência na gestação de risco, no incentivo ao aleitamento materno e nos cuidados básicos ao recém-nascido.

OBJETIVOS 

Atuar de forma ética, crítica, criativa e inovadora, com compromisso profissional e social, de modo a construir uma assistência humanizada e que atenda às necessidades da população no que diz respeito à assistência de enfermagem em atenção à saúde da mulher durante o pré parto, parto e puerpério e no binômio mãe e filho.  Capacitar enfermeiros para atuarem na saúde da mulher no ciclo gravídico puerperal .  Possibilitar conhecimento técnico-administrativo atualizado na área de obstetrícia visando um atendimento de qualidade total nos serviços de saúde.

ENFERMAGEM OBSTÉTRICA E NEO – NATAL

Oportunizar a especialização de enfermeiros que atuam em obstetrícia visando influenciar na melhoria da qualidade e da humanização dos serviços oferecidos nas unidades básicas de saúde, nos pronto socorros e maternidades da região.

PÚBLICO ALVO: Enfermeiros formados

CARGA HORÁRIA: 360 Horas de aula + Estágio + TCC DIAS E HORÁRIOS DAS AULAS Sextas das (19h às 23h) e Sábados (8h às 12h e das 13h às 17h), em média uma a duas vezes ao mês.

DURAÇÃO DO CURSO 24 meses

 

DISCIPLINAS E EMENTAS

PROGRAMA DE SAÚDE DA MULHER Conceitos de saúde da mulher e de saúde reprodutiva. Necessidades e demandas: grupos etários e estilos de vida. Diretrizes internacionais: as conferências do Cairo e Beijing. Políticas públicas e políticas de saúde direcionadas à Mulher. O PAISM (Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher) Rede cegonha; Casa de parto, Doulas

ENFERMAGEM OBSTÉTRICA I

Revisão de embriologia, fecundação, nidação e desenvolvimento fetal, desenvolvimento da gestação, fisiologia do trabalho de parto. Ações de saúde reprodutiva e controle do câncer ginecológico, doenças sexualmente transmissíveis e climatério. Cuidados específicos com o recém nato.

ENFERMAGEM OBSTÉTRICA e NEO NATAL II

Assistência à gestante no Pré – parto. Protocolo de assistência a gestante no pré-natal de baixo risco. Legislação aplicada à enfermagem obstétrica e Neo Natal, aspectos éticos e legais, sistema de registro e controle em obstetrícia e em neo Natal.

ENFERMAGEM OBSTÉTRICA e NEO NATAL III

Canal de parto; Cabeça fetal; Fisiologia do parto; Abortos. Fórceps; Vácuo extrator e cesariana; Episiorrafia; Sinais clínicos de sofrimento fetal (Cardiotocografia – desaceleração intraparto DIP I; DIP II e DIP III) Interpretação de exames laboratoriais e principais patologias da gestação (Infecção do trato urinário; Anemia; Toxoplasmose; Rubéola; Aids; Hepatite); Diabetes Gestacional; Medicamentos utilizados no manejo do trabalho de parto e parto. Reanimação Neonatal em sala de parto. UTI-neonatal (estrutura – anexo SBP); Acolhimento ao recém-nascido em sala de parto e em UTI; Cuidados com problemas respiratórios (taquipnéia transitória, esforço respiratório grave, imagens e vídeos); Antopometria (PIG, AIG, GIG); Exame físico do neonato; Clampeamento da placenta tardio; Boas práticas; Amamentação; Hospital Amigo da Criança; Mecanismo de parto; Períodos clínicos do parto. Trabalho de parto prematuro, hemorragias pós-parto.

BIOÉTICA, HUMANIZAÇÃO NO ATENDIMENTO e RELAÇÕES HUMANAS

Conceitos e fundamentos da Bioética. Bioética aplicada ao atendimento nas obstetrícia e neonatologia. Abordagem na humanização da assistência. Implicações éticas e legais relacionadas na área de obstetrícia – concepção e nascimento. Aborto. O Programa Nacional de Humanização ao Pré-natal, ao Parto e Alojamento Conjunto e Gestantes de risco; o cuidar da mulher e do recém-nascido; os aspectos éticos e legais relativos à reprodução. O stress incorporado à rotina hospitalar. Estratégias de coping. Relações humanas no trabalho hospitalar. Resoluções de conflitos. Relações inter-grupais. Equipe multidisciplinar.

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PRÉ-PARTO, PARTO E PUERPÉRIO

Cuidado de enfermagem à parturiente de baixo risco do primeiro ao quarto período do parto. Condução e realização de parto sem distócia, episiotomia e episiorrafia, Cuidado de enfermagem no puerpério normal e patológico. Assistência de enfermagem no préparto, parto e puerpério.

GESTÃO EM SERVIÇOS DE ENFERMAGEM EM OBSTETRÍCIA E EM NEONATOLOGIA

Gestão de pessoas, educação continuada e permanente em saúde, dimensionamento de pessoal, escala de revezamento, portarias regulamentadoras, A Obstetrícia e a acreditação hospitalar, gestão de equipamentos e materiais, sistematização da assistência de enfermagem Obstétrica, prontuários e registros.

ALEITAMENTO MATERNO

Promoção do aleitamento materno, passos para certificação dos hospitais em Hospital Amigo da Criança. Assistência materno-infantil e da família no aleitamento. Importância do aleitamento materno. Metodologia de assistência de enfermagem no aleitamento materno. Cuidados especiais com a parturiente e com o recém-nato no aleitamento.

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM – NASCIDO

Terminologias e definições em Neonatologia. Classificação do RN segundo idade gestacional (IG). Classificação do RN segundo peso de nascimento. Classificação do RN segundo adequação do peso de nascimento à IG. SSVV do recém-nascido. Assistência ao RN em sala de parto preconizada pela SBP Assistência de enfermagem ao RN de baixo e médio risco na Sala de Parto e Unidade neonatal, assistência de enfermagem ao RN com alterações metabólicas. Sistematização da Assistência de Enfermagem. Participação da família no cuidado do RN. Transporte do RN. Reanimação neonatal.

ASSISTÊNCIA EM TRAUMAS OBSTÉTRICOS

Características peculiares da gestante com trauma. Parto de Urgência. Tipos e padrões de lesões no trauma. Exame físico primário. Principais tipos de lesões na obstetrícia e no neonato em trauma. Implicações psicológicas no atendimento à criança, à mãe e família. Princípios gerais do tratamento médico e assistência de enfermagem à parturiente e à criança. Exames laboratoriais e de imagem.

METODOLOGIA DE PESQUISA

Refletir sobre a metodologia de pesquisa em obstetrícia como instrumento da construção do conhecimento da realidade local e instrumentalizar a elaboração de monografia.

METODOLOGIA DO ENSINO

Metodologia de ensino será trabalhada como prática educativa, como processo de tomada de consciência das concepções, procedimentos e atitudes pessoais no processo ensinoaprendizagem, orientado na “reconstrução” de conhecimentos significativos da saúde e da sociedade. Prática Educativa como experiência das diferentes teorias estudadas.

ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Estágio a ser desenvolvido em hospitais de Araçatuba e região

Reviews Statistic

0
0 out of 0
0 Ratings
5 Start 0
4 Start 0
3 Start 0
2 Start 0
1 Start 0

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Be the first to review “Enfermagem Obstétrica”

enroll-wrap
Início do Curso 2019-01-01
Duração 24 Meses
Matrícula R$ 700.00 R$ 560.00

Compartilhe Nossos Cursos