Realizar Busca

Cursos

Assistência na Urgência e Emergência e UTI

20%
Urgência-e-Emergência

OBJETIVO GERAL

Este curso de especialização visa a possibilitar instrumentação técnica e capacitação teórica, oferecendo aos enfermeiros reflexão ético-crítica sobre a sua prática profissional, aprimoramento profissional e discernimento para avaliar a realidade de saúde em terapia intensiva. Além do conhecimento, buscam-se o desenvolvimento de atitudes e habilidades de trabalho em equipe, a agilidade de ação, a capacidade de adaptação a mudanças e o compromisso ético, profissional e social com a melhoria da saúde da população que necessita de atenção em unidade de terapia intensiva.

OBJETIVO ESPECÍFICO

Atuar de forma ética, crítica, criativa e inovadora, com compromisso profissional e social, de modo a construir uma assistência humanizada e que atenda às necessidades da população no que diz respeito à assistência de enfermagem em urgência e emergência e em unidade de terapia intensiva.
Aprimorar os conhecimentos técnico-científicos, instrumentais e gerenciais para que o enfermeiro possa prestar assistência sistematizada a pacientes que sofreram traumas, que veem de atendimentos a politraumatizados e hospitalizados nas Unidades de Terapia Intensiva.

PÚBLICO ALVO

Profissionais graduados em Enfermagem.

CARGA HORÁRIA: 570 horas/aula

430 Horas de aula + 120 Monografia + 20 Visita Técnica

DIAS E HORÁRIOS DAS AULAS

ARAÇATUBA: Sextas das 19h às 23h e Sábados 8h às 12h e das 13h às 17h, à cada 21 dias.
LINS: Sábados das 8h às 12h e das 13h às 17h, em média duas vezes por mês.

DURAÇÃO DO CURSO

24 meses

DISCIPLINAS E EMENTAS

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA E DA UTI
Processo de trabalho em Urgência e Emergência. Planta física. A curva da Mortalidade em acidentes. Atendimento pré-hospitalar. Atendimento hospitalar. Exame físico e raciocínio clínico. Introdução à administração no Pronto Socorro. Avaliação e atendimento inicial. Qualidade em UTI. Assistência no cuidado e informática. Roteiro de treinamento admissional para atuação em UTI. UTI neonatal: estrutura, organização e utilização de equipamentos. Cuidado da família em situação de hospitalização na UTI.
EPIDEMIOLOGIA
Vigilância epidemiológica, biossegurança e limpeza hospitalar. Epidemiologiaindicadores básicos. Tipos de estudos epidemiológicos: observacionais e experimentais. Sistemas de informação em saúde e vigilância epidemiológica: seu uso na gestão de serviços de saúde e no diagnostico de condições de saúde.Transição demográfica e epidemiológica. Medidas da saúde através de indicadores. Amostragem em epidemiologia.
ASSISTÊNCIA AO POLITRAUMATIZADO (PRÉ HOSPITALAR)
Exame primário: vias aéreas com controle de coluna cervical, respiração, circulação com controle de hemorragia, avaliação neurológica, exposição e prevenção à hipotermia. Fisiopatologia das lesões associadas. Reconhecimento, diferenciação e atendimento no choque. Equilíbrio ácido-básico. Assistência humanizada, individualizada, sistematizada à vitima de trauma com base nos protocolos do Advancend trauma Life Support (ATLS/ALSO/PALS) envolvendo a família. Encaminhamento da vitima à Unidade competente.
CUIDADOS NA TERAPIA INTENSIVA
Segurança do paciente em UTI. Prevenção de iatrogenias. Métodos de avaliação do paciente em UTI. Cuidados pré e pós-operatórios. Cuidados baseados em evidencias. Cuidados paliativos. Transporte intra-hospitalar de pacientes graves. Índice de gravidade. Fórmulas relevantes para o cuidado em UTI. Carro de emergência e desfibriladores.
ASSISTÊNCIA INTENSIVA EM PNEUMOLOGIA
Avaliação respiratória. Intubação traqueal. Assistência na extubação traqueal. Ventilação mecânica invasiva. Ventilação mecânica não invasiva. Posição prona. Drenagem torácica. Retirada de dreno torácico. Monitoração de saturação de oxigênio.
CUIDADOS INTENSIVOS NOS ACESSOS VASCULARES
Cateter venoso central. Pressão venosa central. Cateter venoso central de inserção periférica. Cateter arterial. Drogas vasoativas. Protocolo de heparinização endovenosa.
ASSISTÊNCIA INTENSIVA EM HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA
Distúrbios hematológicos. Avaliação cardiovascular. Monitoração eletrocardiográfica. Monitoração hemodinâmica I – cateter de artéria pulmonar. Monitoração hemodinâmica II – medida do débito cardíaco. Cardioversão elétrica. Balão intra aórtico. Ressuscitação cardiorespiratória cerebral. Estados de choque. Marca-passo cardíaco temporário. Algoritmos ACLS.
ASSISTÊNCIA E CUIDADOS INTENSIVOS EM NEUROLOGIA
Trauma cranioencefálico e raquimedular. Exame neurológico mínimo. Tipos de traumas. Prioridades no tratamento inicial. Paciente inconsciente nos diversos tipos de trauma cranioencefálicos e raquimedular. Suprimento das necessidades metabólicas cerebrais. Prevenção e tratamento da hipertensão intra-craniana. Tipos de lesão da coluna cervical.
Avaliação neurológica. Pressão intracraniana. Oximetria do bulbo jugular. Hipotermia. Escala de coma de glasgow (GCS). Exames diagnósticos. Monitoração à beira do leito.Trauma craniano fechado: concussão cerebral. Hematoma intracraniano: hematoma subdural, epidural, intracerebral.
CUIDADOS EM EMERGÊNCIA CLÍNICA
Sistematização da assistência ao paciente com edema agudo de pulmão. Hemorragias. Epistaxe. Choque elétrico. Diabéticos. Hipertensos. Queimados. Vítimas de acidentes por animais peçonhentos e envenenamentos. Infarto agudo do miocárdio.
INFECTOLOGIA EM CUIDADOS INTENSIVOS
Histórico, CCIH, legislação e atualidade. Critérios de avaliação e classificação. Antissepsia, desinfecção, esterilização. Infecção hospitalar e procedimentos invasivos no Pronto Socorro. Controle de bactérias multirresistentes. Oxigenoterapia hiperbárica. Antibiótico terapia em pacientes críticos. Prevenção de infecções em UTI. Controle laboratorial. Septicemia. Medidas de prevenção e controle dos principais agentes: Staphylococcus Aureus, Pseudomonas Aeruginosa, Enterococus, Acinetobacter.
 
ÉTICA, BIOÉTICA E HUMANIZAÇÃO
Bases e pressupostos da ética e bioética. Considerações e direitos dos pacientes. Sigilo profissional. Humanização da assistência. Responsabilidade profissional, legal e moral em relação ao paciente crítico. Relações interpessoais no processo de trabalho e no cuidado ao paciente. Doação de órgãos. Cuidados com o doador de órgãos. Cuidado da família. Humanização dos serviços de saúde – CPNHAH/Humaniza SUS.
ASSISTÊNCIA EM TRAUMA TORÁCICO E ABDOMINAL
Exame primário das lesões. Identificação das lesões torácicas e abdominais com risco de vida. Lesões torácicas e abdominais potencialmente letais. Princípios gerais do tratamento médico e assistência de enfermagem ao paciente nos diversos tipos de trauma torácico e abdominal. Avaliação radiográfica. Canulação. Intubação. Cricotireodostomia.
ASSISTÊNCIA EM TRAUMA DE EXTREMIDADES
Avaliação das extremidades. Exame físico. Identificação das lesões vasculares. Princípios gerais do tratamento médico e assistência de enfermagem ao paciente nos diversos tipos de lesões de extremidade. Princípios de imobilização. Avaliação radiográfica.
ASSISTÊNCIA EM TRAUMAS OBSTÉTRICOS E NEO-NATAL NO PRONTO SOCORRO E NA UTI
Parto de urgência. O cuidado humanizado ao RN grave. Agravos prevalentes. Cálculo de medicações. Assistência de enfermagem durante a ventilação mecânica. Manutenção do equilíbrio hidroeletrolítico e metabólico do RN. Urgência em Neonatologia. Controle e prevenção das infecções. PICC. Programa Mãe-canguru. Programa de vigilância ao RN de risco. Características peculiares da gestante e da criança como paciente com trauma. Tipos e padrões de lesões. Principais tipos de lesões na obstetrícia e no neo-natal. Princípios gerais do tratamento médico e assistência de enfermagem à parturiente e à criança. Exames laboratoriais e de imagem.
ASSISTÊNCIA CARDIOVASCULAR EM PRONTO SOCORRO E NA UTI
Anamnese do paciente cardiopata. Princípios Básicos de Eletrocardiografia. Arritmias. Paciente Coronariopata. Estudos das enzimas cardíacas. Choque: hipovolêmico e cardiogênico. Drogas vasoativas. Monitorização Hemodinâmica. Uso de hemocomponentes. Transfusão sanguínea autóloga. Algoritmos: Fibrilação Ventricular/Taquicardia Ventricular sem pulso; Assistolia; Bradicardias/Taquicardias. Desfibrilação. Utilização de protocolos.
METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR
Comunicação em educação. Motivação, aprendizagem e as crenças de autoeficácia. Teoria e prática na formação do educador. Ensino Superior e seus objetivos. Planejamento em ensino. Avaliação de ensino.
METODOLOGIA DE PESQUISA CIENTÍFICA
Ciência e Pesquisa. Conhecimento Científico. Planejamento da Pesquisa. Construção e Execução da Pesquisa em saúde. Referências bibliográficas.
enroll-wrap
Início do Curso 17-02-2018
Duração 24 Meses
Matrícula R$ 525.00 R$ 420.00

Compartilhe Nossos Cursos